Mensageiro

PRIMEIRO EDITORIAL DO JORNAL MENSAGEIRO

Desde a primeira edição, o editorial expressa opinião do jornal. No exemplar número 1, datado de 17 de maio de 1974, o editorial teve lugar de destaque escrito pela editora Mirtis Maria Valério sob o título:

TERRA SEM JORNAL É TERRA ESQUECIDA

Somos um grupo de jovens que surgiu com o intuito de servir a coletividade, buscando nos recônditos da terra, na história do povo e no homem do presente a fonte que dará origem as nossas mensagens.

Não pretendemos com isso glórias, mas sim a satisfação de sermos um órgão de divulgação, incorporando-nos aos acontecimentos desta terra. Não basta olharmos para este próspero retalho paranaense, e sim andarmos sobre ele, sentirmos de perto as esperanças do povo, acompanharmos o ritmo acelerado de desenvolvimento.

Iniciamos uma longa e difícil jornada…Mas confiantes no apoio e compreensão de todos, temos a certeza que venceremos…

 

EDITORIAL DA PRIMEIRA EDIÇÃO ADAPTADO PARA O PAINEL DA RECEPÇÃO

…Surgimos com o intuito de servir a coletividade, buscando na história do povo e do homem a fonte que dará origem as nossas mensagens.

…Não basta olharmos para este próspero retalho paranaense, e sim andarmos sobre ele, sentirmos de perto as esperanças do povo, acompanharmos o ritmo acelerado de desenvolvimento.

Iniciamos uma longa e difícil jornada…

 

VIRAR A PÁGINA

Último Editorial de 12 de agosto de 2016

 

 

 

JOÃO HERMES SE DESPEDE DA COLUNA COMENTADO…

João Hermes integrou a equipe do Jornal Mensageiro em 1987. Ele e o Caio eram os responsáveis pelo espaço esportivo. A partir de 11 de janeiro de 1990 estreou com a Coluna COMENTANDO na edição 582 até a edição 2093 de 19 de dezembro de 2019. Foram 1511 comentários em três décadas de dedicação à palavra escrita. Toda semana COMENTANDO era a “estrela cintilante” do esporte que sempre irradiava opinião coerente, sincera, imparcial, de incentivo e de valorização.

Este 2020 começa com este vazio… e COMENTANDO passa a fazer parte da história do Jornal Mensageiro, como a dedicação de tantos outros profissionais que se esmeraram em construir o alicerce deste semanário, que passou a ser referência regional. Para eternizar esta relação de João Hermes com o Jornal Mensageiro, estamos postando no site da Revista Mosaicos www.revistamosaicos.com.br o primeiro e o último COMENTANDO como forma de reverenciar e valorizar este profissional que passou a ser um irmão do coração… (Da Redação Mirtis)